quarta-feira, 6 de abril de 2011

Sertanejo? Tente provar deste aqui...

Ali na aba "Algum sabor" está a versão cantada por Pena Branca e Xavantinho, que eu considero geniais. Há muitas outras interpretações e alguma delas vai te agradar, com certeza. Por que? "Saca" só:

"...Poeira entra em meus olhos.
Não fico zangado, não.
Pois sei que quando eu morrer
meu corpo irá para o chão.
Se transformar em poeira.
Poeira vermelha...
Poeira do meu sertão..."

Autores: Tião Carreiro e Pardinho

Nenhum comentário: