sexta-feira, 2 de março de 2012

Falta alguma coisa

Há alguns anos eu fazia cursos de especialização técnica, ali no interior de São Paulo (Araraquara, Ribeirão Preto, Jales, Avaré e outras cidades) todo fim de ano. 

Sempre me intrigou uma coisa: porque algumas cidades paulistas, com o mesmo porte e com arrecadação até menor que João Monlevade, davam aquele "banho" de apresentação estética aos olhos do turista. E porque essas mesmas cidades tinham tanta gente disposta a elogiar suas vias cotidianas.

Os céticos podem dizer que nós, monlevadenses, somos mal-agradecidos e só temos olhar para o que é negativista. Sei não... Acho que, algum momento do nosso passado, a linha de desenvolvimento sustentável de João Monlevade se rompeu, e não foi mais reatada. Deixo claro que falo de pelo menos uma década de reflexão e falta de ações racionais.

Penso que o primeiro agente político a apresentar um plano de REFIS ( Recuperação e Fomento dos Investimentos Sociais) em João Monlevade, será também o primeiro a atrair a atenção de um número considerável de cidadãos e eleitores cansados desta chatura de "X ou Y" no comando da bagunça.

Falta alguma coisa. E para mim os ingredientes já testados não serviram para fazer um bolo diferente e saudável. Vou tentar um ingrediente inédito mais uma vez, testando até achar algum que preste.

Um comentário:

Celso4Fury disse...

Alguma coisa?
População politicamente educada, mas jamais será por aqui, pois nem com os erros se aprende alguma coisa nesse lugar;
Políticos com alguma formação, ou mesmo o aprendizado no ofício, pois nem mesmo os "dinossauros" da casa parecem ter entendimento maior do que o de passar o cartão no caixa do banco;
Humildade? Talvez, por que mais parece imperar a ganância em Monlevade, por muitas obras, ainda que pequenas, ficam à espera, no acaso de uma catástrofe ou tragédia, para que algo seja feito...

Há mais com certeza, mas dá prá ficar enojado com tantas mazelas...