domingo, 20 de fevereiro de 2011

Acabou

Uma parte de mim acabou. Eu não consigo mais ser o humano que eu era há até bem pouco tempo. Quando isso acontece a uma pessoa, o mais ético é avisar a todos em volta o que ocorreu. Porque não estou tendo estômago para continuar o teatro em alguns assuntos importantes.

Adiei o processo o quanto pude, mas não foi possível evitar. Assim, em nome da ética absoluta, aviso a todos que conheceram o Eu antigo, na íntegra, para esquecer que ele existiu. A casca ainda está aqui, mas o conteúdo se transformou de um jeito em que não há volta mais.

Declaro publicamente uma "quarentena" voluntária, de seis meses. Até 31 de Julho deste ano, estarei pesando tudo e todos em uma balança pessoal. Muitos passarão pelo teste. Muitos não. Todos terão a chance de se preparar para o teste em 180 dias.

Lembrando: é um teste pessoal. O mundo não vai se revolucionar por minha causa, nem eu vou revolucionar a mim mesmo por causa do mundo. Peço aos que tenham interesse privado que me procurem o quanto antes, para não haver dúvidas mais tarde: quem ou o que não passar pelo teste pessoal estará, de alguma forma, morto para mim.

Para os que já me consideram de alguma forma, morto, este aviso não vai fazer diferença. Então tudo bem.

Peço àqueles em que não passei no teste pessoal que me informem, o quanto antes. Para haver respeito e dignidade na guerra que vou empreender contra tudo e todos que não passarem pelo meu teste, parece justo abaixar minha cabeça e saber quanto e quando desapontei. É assim que vou fazer a minha história a partir daqui.

Seis meses. É o que posso garantir. Sem nenhum dia a mais de trégua, benevolência ou piedade.

6 comentários:

guerra e paz disse...

concordo,com tudo q vc escreveu.eu ja tenho meio século.ja passei muita dificuldades com pseudos amigos.hoje mais esperiente.como gostaria de apagar,sonente lembranças!

Fernando Fonseca Garcia disse...

Fiquei curioso e boa sorte!

Pedro Paulo disse...

Célio,

Não imagino os motivos do desabafo - acho que são muitos inclusive - mas certamente tenho as melhores impressões da sua pessoa. Se for para aprovar no teste pessoal, esta aprovado, carregue contigo a minha admiração e respeito.

Abs
Pedro Paulo Gomes Costa

Célio Lima disse...

Pedro Paulo e Fernando, vamos tomar ainda muitas cervejas geladas e elas vão continuar sendo deliciosas.

Um abraço!

Manthis disse...

Célio,
Espero que esta jornada o conduza a boas descobertas.
Recentemente me descobri ainda um aprendiz enorme, cheio de falhas e incertezas. Mas, como é da minha natureza não desistir, cair e levantar fazem parte da escalada. As cordas devem ser boas. Se um caminho é arriscado, mas revela possibilidades de visualizar a paisagem de maneira única, vale a pena a tentativa. Ou várias. Mas deixar de subir a montanha para ver novos horizontes jamais.
Sucesso na empreitada, e espero que isto não reduza as postagens do blog!
Abraços!

Manthis disse...

Célio,
Uma coisa que aprendi com você foi que não adianta ter um olhar técnico, sem ter o olhar político.
Infelizmente, meu olho técnico volta muitas vezes contra meus próprios momentos, mas acredito que precisamos sempre renovar os olhares, e mesmo, ajustar o grau das lentes.
Espero continuar contando com sua presença no meu blog e na minha vida, sempre puxando minha orelha.
Espero que esta himbernada não signifique reduzir as postagens.
E vamos subindo a montanha!
Abraços!