quinta-feira, 26 de maio de 2011

Inadimplência é estelionato


A colega blogueira Eliane tocou num assunto que é da mais alta relevância para que uma sociedade seja definida: a falta de honra em negócios. Uma sociedade desonrada em seus acordos, contratos, obrigações bilaterais e troca de confianças é uma sociedade desonrada de seus valores humanos puros. Vira uma comunidade de bestas irracionais.

Quando o exemplo parte dos frequentadores do "topo" desta sociedade, então, a situação beira o crime. O ordenamento jurídico brasileiro não vê o calote como crime de estelionato, porque não age contra ele como se fosse. Mas eu estou nem aí para o ordenamento jurídico brasileiro nestas horas. 

Calote é estelionato, salvo quando o devedor tem como provar que sabia o que estava fazendo quando adquiriu obrigações de pagar, e depois disso um evento alheio à sua vontade o impediu efetivamente de pagar. Nos demais casos, é obter vantagem ilícita, imoral, desonrosa e degradante.

Mas, convenhamos, de um país onde se espera que "Nós vai pegá u pexe" seja uma construção vernacular adequada para um livro didático distribuído aos nossos estudantes, vamos esperar o que mais?

Repetindo um mantra do Drops de Sanidade, homens de bem deveriam se reunir em bandos, tão eficientemente quanto os canalhas o fazem. Teríamos uma nação com índices de qualidade de vida comparáveis aos dos países nórdicos, neste caso.

2 comentários:

Anônimo disse...

sou seu leitor assiduo, nesta foi a mais acertada.
sabe por que as taxas de jurus nao caem?
sabe por que maioria dos comerciantes quebram?
sabe por que os produtos custam mais caros?
sabe por que a burocracia e alta na hora de adquirir um emprestimo ou financiamento?
sabe por que o comercio paga mal os empregados?
tudo isto acontece e por que o calote e muito alto, neste pois so paga quem quer, e triste cobrar uma pessoa e ela falar na sua cara que so falta tanto tempo para seu nome limpar, e revoltante para um trabalhador sentir roubado e nao poder faqzer nada para nao dar danos morais ainda.
que pais e esse?

Célio Lima disse...

Obrigado pela presença e pelas palavras de incentivo. Eu sugiro uma passada no blog "Cutucadas" da Eliane. Ela também escreveu com muita consciência sobre esta vergonha que é o calote no Brasil. Um abraço!