sexta-feira, 12 de março de 2010

De um dos meus grupos de discussão na rede


OBS: Vou ficar devendo a autoria, já que recebi assim e fiz pequenas alterações. Se eu puder identificar o autor, informarei o crédito mais tarde.

A Evolução da Educação

Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação, datilografia... Havia aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais e cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional antes de iniciar as aulas..

Por favor, leiam um relato de uma Professora de Matemática:

"Semana passada comprei um produto que custou R$15,80. Dei à balconista R$ 20,00 e peguei na minha bolsa 80 centavos, para evitar receber ainda mais moedas. A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer.

Tentei explicar que ela tinha que me dar 5,00 reais de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender. Por que estou contando isso?

Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim:

1. Ensino de matemática em 1950: Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda. Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970: Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou R$80,00. Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980: Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990: Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. Escolha a resposta certa, que indica o lucro:

( ) R$ 20,00 ( ) R$40,00 ( ) R$60,00 ( ) R$80,00 ( ) R$100,00

5. Ensino de matemática em 2000: Um lenhador vende carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. O lucro é de R$ 20,00. Está certo?

( ) SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2009: Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$ 80,00.Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.
( ) R$ 20,00 ( ) R$40,00 ( ) R$60,00 ( ) R$80,00 ( ) R$100,00

7. Em 2020 vai ser assim? Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$ 80,00. Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00. (Se você é afrodescendente, especial, indígena ou de qualquer outra minoria social não precisa responder, a pontuação da questão está garantida por uma cota. Se responder a pontuação será considerada em dobro. Se responder corretamente, em triplo)
( ) R$ 20,00 ( ) R$40,00 ( ) R$60,00 ( ) R$80,00 ( ) R$100,00

E se um moleque resolve pichar a sala de aula e a professora faz com que ele pinte a sala novamente, os pais ficam enfurecidos pois a professora provocou traumas na criança.

Em 1969 os Pais do aluno perguntavam ao "aluno": "Que notas são estas...????

Em 2009 os Pais do aluno perguntam ao "professor": "Que notas são estas...????


Mais uma. Essa pergunta foi vencedora em um congresso sobre vida sustentável:

"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos...
Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"


Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive..."

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Célio,
o dono do blog http://monlevadequermudanca.blogspot.com/ aparentemente cometeu crime contra sua honra. saudações

Marcelinho disse...

Caro Amigo Célio,
com este post, todas as colocações e argumentos usados estão na medida certa, sem mais nem menos.
O autor foi extremamente feliz.
Parabéns à ele e a você por ter contribuído com esta obra.
Abraços

Célio Lima disse...

Bem, já tomei conhecimento há alguns dias. Mas não me incomoda em absoluto. É possível até que, no futuro, a pessoa venha a se identificar e apresentar propostas para João Monlevade.

Aí, todos nós ganhamos alguma coisa. No caso deste crime em particular, é de ação privada condicionada. Não me parece ser o caso de procurar a abertura de uma, até porque não tenho nada a ganhar com ela.

Mesmo a abertura deste diálogo aqui somente gera um ruído onde não há a necessidade, mas no Drops o anônimo que respeita as regras de postagem e de respeito às leis recebe respostas, como foi o seu caso.

Se não for assim, não vejo sentido em manter um espaço que eu afirmo sempre ser democrático.

Um abraço!