quinta-feira, 15 de abril de 2010

Vocês constroem o texto, se quiserem

3 comentários:

Manthis disse...

Pé na bunda, tapa na cara, remédios para acertar a caminhada....

Fernando Fonseca Garcia disse...

Em terra de quem só tem as pernas, pé na bunda do outro é música.
KKKKK!!!
Abraço.

Celso4Fury disse...

Blah, é apenas o sonoro pé na bunda, ao qual muitos por aí escapam, por que vários de nós deixamos, a pé de besteira que dizem e falam, ao jugo do tempo, que a justiça se faça, depopis do nosso silêncio...

Dito isto, pelo que já foi visto em algumas situações do passado, onde este pé na bunca poderia ter sido dado, através do veto no voto, porém reelegem-se vários "ladrões do colarinho branco" (Vide Collor, Sarney, Eduardo Azeredo, Milton Cardoso, etc...).

E, noutros tantos casos, numa esfera mais particular, algumas pessoas que esperam que seus anseios e vontades, no que diz respeito a alguns de seus direitos e deveres, sejam buscados por terceiros, sem sequer um mover dos lábios, por acomodação...